Torres Vedras pretende investir 2 milhões de euros, em três centros de saúde

O município de Torres Vedras e a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) estabeleceram ontem uma parceria para a realização de obras de renovação de centros de saúde em três freguesias do concelho.

O presidente da câmara, Carlos Bernardes, estimou em cerca de dois milhões de euros o investimento nas unidades de saúde do Ramalhal, Runa e São Pedro da Cadeira.

No Ramalhal –  vai ser construído um novo edifício para o centro de saúde, contíguo ao futuro centro escolar da freguesia.

Em Runa –  o projeto passa pela requalificação e ampliação da sede da União de Freguesias de Dois Portos e Runa, para aí albergar, além da junta, o centro de saúde.

Em São Pedro da Cadeira –  o município vai fazer obras no edifício do antigo jardim-de-infância para o transformar em centro de saúde.

 

A câmara municipal estima, durante este ano, desenvolver os projetos, em conjunto com a ARSLVT, e lançar os 3 concursos públicos em 2021, se conseguir garantir financiamento comunitário até lá.

O presidente da ARSLVT, Luís Pisco, reconheceu que, com instalações mais modernas, “se torna mais fácil que os jovens médicos escolham estes locais para se fixarem”.

À ARSLVT cabe apetrechar as unidades com equipamento médico, mobiliário e equipamento informático.

A não perder

Comente este artigo