top of page

Memórias e lágrimas: Primeiro concerto dos D’ZRT marcado pela homenagem a Angélico Vieira


O início do espetáculo ficou marcado pela longa ovação do público que deixou o trio visivelmente emocionado / Créditos de imagem: @paulo_vintem/Instagram

A boysband portuguesa D’ZRT voltou a pisar os palcos, 12 anos depois do último concerto. A banda, que surgiu na telenovela juvenil Morangos com Açúcar, em 2005, fez a noite de 20 mil pessoas, que encheram o Altice Arena, este sábado.

"Os D'zrt são quatro, vão ser sempre quatro”, disseram Vítor Fonseca (Cifrão), Paulo Vintém e Edmundo Vieira, que garantem que Angélico Vieira, que morreu em 2011, num acidente automóvel, esteve com eles em palco.

Durante a atuação da música “Verão Azul”, no ecrã do fundo do palco, no final da canção, Angélico Vieira surgiu em holograma, encostado à carrinha, ao qual o trio depois se juntou. O holograma voltou a surgir durante a “Depende só de nós”, e os quatro voltaram a cantar juntos - um momento que levou muitos dos fãs presentes a verter algumas lágrimas. A mãe de Angélico, que estava presente no concerto, sentiu-se mal e teve de abandonar o recinto. “Recebemos a notícia que a mãe do Angélico está bem", acalmou Edmundo Vieira.

O início do espetáculo ficou marcado pela longa ovação do público que deixou o trio visivelmente emocionado. "Não sabem como é bom, passados tantos anos, pisar o palco e ter uma receção destas", disse Vítor Fonseca, o eterno Cifrão.



bottom of page