“Estendal dos Direitos”, é o nome da  exposição patente  no jardim do antigo edifício da Creche do Povo

Em 20 de Novembro de 1989, as Nações Unidas adoptaram por unanimidade a Convenção sobre os Direitos da Criança (CDC), documento que enuncia um amplo conjunto de direitos fundamentais – os direitos civis e políticos, e também os direitos económicos, sociais e culturais – de todas as crianças, bem como as respectivas disposições para que sejam aplicados.

“Estendal dos Direitos”, é o nome da  exposição patente  no jardim do antigo edifício da Creche do Povo (na Avenida Tenente Valadim) com que a CPCJ (Comissão de Proteção de Crianças e Jovens) de Torres Vedras se associou, de modo a comemorar  o 30º aniversário da assinatura da Convenção sobre os Direitos da Criança.

Esta iniciativa inaugurada neste dia, partiu de um desafio lançado a diversas creches, jardins de infância e escolas,  do Concelho. Nestes, após se ter abordado e discutido os Direitos da Criança em contexto de sala de aula, produziu-se uma peça de roupa com diversas mensagens sobre o tema . O resultado deste desafio pode ser observado até ao próximo dia 4 de dezembro.

A CPCJ (Comissão de Proteção de Crianças e Jovens) de Torres Vedras, é uma instituição oficial, constituída por um conjunto de profissionais (professores, psicólogas, assistentes sociais, enfermeiros, forças de segurança pública, entre outros). Só neste ano de 2019 e até ao momento, já  instaurou 183 novos processos e 34  reaberturas . Estando neste momento,  a acompanhar 151 processos de promoção e proteção.

 

 

Related Posts

Add Comment