Comunicado sobre urgência pediátrica do hospital de Torres Vedras

“Nos últimos dias o serviço de urgência pediátrica do Hospital de Torres Vedras tem tido perturbações no seu serviço devido à falta de médicos pediatras. A Câmara Municipal de Torres Vedras tem estado a acompanhar o assunto em permanência com a administração do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) e o Ministério da Saúde.

O Ministério da Saúde deu autorização ao CHO para a contratação de médicos pediatras em regime de prestação de serviços. A administração do CHO e o presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, Carlos Bernardes, estão neste momento a desenvolver todos os esforços para encontrar médicos pediatras para prestar serviço nas urgências do Hospital de Torres Vedras.

No decorrer da próxima semana o presidente da Câmara Municipal irá reunir com o Ministério da Saúde e com a administração do CHO no sentido de se encontrar uma solução sólida para a resolução do assunto.

O presidente da Câmara Municipal lamenta que durante anos a Ordem dos Médicos tenha pressionado no sentido de não ser aumentado o número de vagas para Medicina nas várias universidades e especialidades, nomeadamente anestesia e pediatria.

Ciente da dificuldade atual em formar médicos especialistas, o presidente da Câmara Municipal defende a realização de um pacto nacional para a formação na Medicina, a celebrar entre a Ordem dos Médicos, o Ministério da Saúde e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, de forma a resolver os problemas na oferta de profissionais de saúde que possam reforçar e regenerar o Serviço Nacional de Saúde (SNS) nas suas múltiplas dimensões. “

 

Related Posts

Add Comment