A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou que o coronavírus se tornou oficialmente uma pandemia

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou esta quarta-feira que o coronavírus se tornou oficialmente uma pandemia. Foi o diretor geral da organização, Tedros Adhanom Ghebreyesus, quem o anunciou numa conferência de imprensa em Genebra, na Suíça. “Achamos que o Covid-19 pode ser caracterizado como uma pandemia”, afirmou .

Uma pandemia –  é uma epidemia presente numa grande área geográfica internacional. No sentido atual, afeta uma parte particularmente grande da população mundial .

O coronavírus até ao momento, já infectou 121.564 pessoas em 118 países e territórios.

1- Confira de seguida a lista fornecida pela Organização Mundial de Saúde, com os principais objetos e comportamentos de risco a evitar:

-Comandos de televisão ou ar condicionado – Lavar as mãos depois de os utilizar ou passar um toalhete higienizante antes da sua utilização;

-Puxadores de portas. É quase inevitável não tocar neles. Para se proteger precisa de higienizá-los frequentemente;

-Copas, refeitórios e cozinhas. As máquinas de café, os microondas, as máquinas de venda automática, as cadeiras, as mesas e outros espaços das copas podem ser ambientes propícios para que o vírus se mantenha vivo por mais tempo e possa propagar-se;

-Máquinas multibanco. As máquinas de multibanco são também fonte de propagação de vírus, dada a elevada utilização diária;

-Corrimãos. Combata o hábito de se apoiar nestes. Os corrimãos são tocados por centenas ou milhares de pessoas diariamente;

-Telefones fixos, apesar do uso do telemóvel ser mais recorrente nos dias de hoje;

-Cumprimentos. Um dos hábitos que maiores riscos traz na propagação de vírus, são os cumprimentos, sejam os tradicionais beijos ou o aperto de mão. Durante este período de incerteza, evite fazê-lo;

-Casas de banho. Muitas são as pessoas que vão às casas de banho para se assoar e não têm por hábito lavar as mãos depois de o fazer, contribuindo para a propagação do vírus.

 

2 – Reforce a frequência de utilização de desinfetantes nas limpezas!

A maior parte das pessoas procura álcool gel desinfetante – Porque precisa! Porque quer desinfetar-se! Porque quer proteger-se!

O que a maior parte das pessoas não sabe, é que, neste momento, comprar álcool gel para desinfetar as mãos NÃO É A ÚNICA SOLUÇÃO PREVENTIVA!

A informação generalizada que temos remete-nos para uma política simples, a qual podemos adotar na nossa casa e no nosso local de trabalho: limpar e desinfetar para não contribuirmos para a propagação do vírus.

A PREVENÇÃO É FUNDAMENTAL!

 

3 – Escolha o desinfetante certo

Desinfetantes e produtos de limpeza com ação desinfetante são os únicos produtos que eliminam germes, através de ação bactericida, fungicida e virucida.

Lembre-se que existem locais nos quais poderá utilizar o mesmo desinfetante multiusos e deste modo está a poupar.

 

Além de funcionais, os desinfetantes, devem ser seguros para o ambiente em que está a ser utilizado, incluindo para o seu utilizador.

Basicamente, qualquer desinfetante (ou produto de limpeza e desinfetante) precisa de ficar a atuar após a sua aplicação, pelo menos 5 a 10 minutos, para eliminar qualquer agente biológico. Verifique o rótulo do seu produto desinfetante de referência para obter o tempo de atuação correto.

Aproveitamos para relembrar que a lixívia é um poderoso agente no que toca à desinfeção de superfícies, mas que para atuar, a superfície tem de se encontrar limpa. Para isso, terá que utilizar previamente um detergente antes da lixívia, porque a lixívia DESINFETA, MAS NÃO LIMPA!

 

  • Aposte num desinfetante de bancadas e balcões de cozinha. Estes desinfetantes têm que ser específicos e apropriados para a área alimentar, porque eventualmente estarão em contacto com os alimentos que ingerimos.
  • Aposte também num desinfetante multiusos que possa usar no interior e no exterior da sua casa. Vai eliminar as bactérias e previne surtos infeciosos.
  • Aposte ainda num desinfetante alcoólico não residual. Os mais indicados são os produtos de base alcoólica e baixo teor de quaternários de amónio, porque são prontos a usar e não necessitam de enxaguamento.
  • Por último, aposte num sabão para a limpeza das mãos com ingredientes antibacterianos que evitem a contaminação cruzada.

Lembre-se também que a correta lavagem das mãos é absolutamente essencial para uma prevenção ativa do vírus COVID-19.

Related Posts

Add Comment