A triatleta cadavalense Vanessa Pereira marcará presença, a 29 de janeiro, em Israel, no “Israman” – uma das mais duras competições de triatlo longo (Ironman) do planeta. Vencer e bater o recorde da prova é o grande objetivo da campeã nacional de longa distância, que pretende, na próxima época, vir a figurar entre as 30 melhores internacionais, qualificando-se para o campeonato do mundo do Hawai.

Para além de voltar a envergar a camisola do Clube Atlético de Portugal, Vanessa Pereira estrear-se-á, na época de 2016, como representante do Clube de Ciclismo Feminino “5Quinas” (Albufeira).

Quanto a objetivos para a nova temporada, a triatleta do Cadaval promete uma época «desafiante» logo desde o início, através da sua participação no designado “Israman”, a acontecer dia 29 do próximo mês, em Israel.

Aquela que é considerada uma das mais árduas provas de triatlo longo (Ironman) do mundo contará com as seguintes distâncias: 3,8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42,2 km de corrida.

Numa competição onde somente mais um português – Sérgio Marques – estará representado, Vanessa almeja vencer e superar o Recorde Absoluto Elite Feminino do “Israman” (11h17m43s), desde 2014 nas mãos de Nina Pekerman.

«Esta é uma prova histórica, uma vez que é considerada uma das mais duras do mundo, onde o ciclismo acumula um total de 3200m de altitude, a que se junta a típica temperatura do país, com humidade, vento e calor», adianta a atleta.

Poder vir a qualificar-se para o campeonato do mundo no Hawai, a decorrer em outubro, é a meta a perseguir por Vanessa Pereira, na temporada que se avizinha.

«Para tal, preciso de ir fazendo, ao longo do ano, vários Ironman’s e, no final, estar entre as 30 melhores triatletas de longa distância do mundo», explica.

Da última época, há a registar mais um rol de bons resultados obtidos, mantendo-se a atleta cadavalense no patamar cimeiro da modalidade, a saber: 1.º Lugar no Duatlo do Cadaval; 2.º Lugar no Half Ironman Lisboa; 1.º Lugar no Half Ironman Caminha; 1.º Lugar no Half Ironman Cascais; Campeã Nacional Triatlo Longo Equipas Feminino; 7.º Lugar no Campeonato Europa Triatlo Longo ITU, Weymouth (Inglaterra).

«A meio da temporada sofri uma virose, mesmo na altura mais importante, o que me impossibilitou que a época se desenrolasse da melhor forma», conta.

Detentora do atual Recorde Nacional Ironman (9h47m), renovado em 2014 no Ironman Gandía (Espanha), e Campeã Nacional de Longa Distância seis vezes consecutivas, Vanessa Pereira não baixa a fasquia dos seus intentos, em 2016.

«Quero alcançar novamente o título de Campeã Nacional de Triatlo Longo e de Contrarrelógio no ciclismo de estrada, e ser selecionada pela federação para representar Portugal nos Campeonatos da Europa e do Mundo de triatlo longo», acrescenta.

Apesar de considerar tratar-se de uma época «longa e cheia de objetivos ambiciosos», a atleta oriunda de Rocha Forte (Lamas, Cadaval) espera contar, como já é habitual, com a força dos portugueses, em particular «do povo cadavalense», que diz trazer sempre no coração.