Torres Vedras é o 22.º concelho mais cotado a nível nacional.

Esta é a conclusão de um estudo efetuado pela Bloom Consulting, que criou o ano passado um “Portugal City Brand Ranking”.

A avaliação realizada este ano no âmbito deste ranking baseou-se na análise de dados estatísticos, de consultas on-line, bem como na dos websites dos municípios nacionais e respetivas redes sociais.

Este estudo, que incidiu nos 308 concelhos portugueses, dividiu-se em três itens: “Negócios”, ”Visitar” e “Viver”.

Da região Oeste, Torres Vedras foi avaliado como o melhor concelho, seguido por Caldas da Rainha (34.º) e Peniche (54.º). A sul, o concelho contíguo de Mafra teve a 24.ª melhor pontuação.

De realçar que Torres Vedras teve inclusivamente uma avaliação superior à de alguns concelhos onde se situam capitais de distrito como Viana do Castelo (23.º), Castelo Branco (31.º), Vila Real (36.º), Beja (37.º), Bragança (41.º), Santarém (42.º), Ponta Delgada (43.º), Guarda (45.º) e Portalegre (80.º).

De salientar também que no universo da região Centro, Torres Vedras tem a quinta melhor performance (5.º em “Negócios”, 10.º em “Visitar” e 5.º em “Viver”).

Já numa análise referente aos itens específicos do estudo, de relevar o 11.º lugar de Torres Vedras em “Negócios”, no qual foi analisado o número de empresas e o crescimento empresarial. De sublinhar também o lugar de Torres Vedras na vertente “Viver” (18.º), na qual foram ponderados critérios relacionados com a população, o desemprego, a criminalidade, o poder de compra e a existência de centros de saúde e de estabelecimentos de ensino superior. No item “Visitar”, em que foi avaliado a ocupação hoteleira e o número de dormidas, Torres Vedras obteve o 37.º lugar.