O Torreense pode ter de abandonar o estádio Manuel Marques caso a SAD, vendida ao empresário chinês Qi Chen, deixe de apostar na formação de jovens do concelho. Este aviso foi feito por Carlos Miguel, presidente da câmara Municipal de Torres Vedras.
O presidente referiu que caso a SAD continue a formar e a apostar em jovens do concelho vai ter todo o apoio da câmara, mas caso isso não aconteça, a SAD vai ter de procurar outro campo para as suas equipas.
Qi Chen, empresário radicado em Portugal há vários anos, vai ser o novo presidente, após ter avançado para a compra de setenta por cento da SAD.
O empresário também o líder do Oriental Dragon FC, clube criado em Portugal apenas com jogadores chineses de forma a poder potenciar o talento num país com um futebol mais desenvolvido.
A intenção é colocar alguns jogadores chineses a jogar no emblema de Torres Vedras, cuja equipa sénior milita no Campeonato Nacional de Seniores. Integrada na SAD está também a equipa de juniores.