O projeto ROMA invertida, surge da vontade de Ana Almeida, sócia do Académico de Torres Vedras,
de propor pelo quarto ano consecutivo a criação de um coletivo com o objetivo de criar um objeto
artístico a apresentar publicamente no Teatro Cine de Torres Vedras.

Mais uma vez o Académico de Torres Vedras aceitou o desafio e criou condições para o
desenvolvimento do projeto. Depois de Sonho de uma noite de verão, O Tio Vânia, Lugares da
Memória e Lugares da Memória Revisitado, surge ROMA invertida, um projeto carregado de AMOR
e dedicação por parte do coletivo que se formou.

Os encontros começaram em Outubro de 2014, o coletivo é constituído por catorze elementos dos
11 aos 51 anos, adolescentes e adultos coabitam num espaço de liberdade onde a criatividade não
tem idade e se (re)conhecem e (re)encontram partindo de ferramentas teatrais. Pais e filhas
integram o elenco.

ROMA invertida sobe ao palco do Teatro Cine de Torres Vedras nos próximos dias 10 e 11 de Abril
de 2015 pelas 21h30m.