O músico PZ sobe ao palco do Teatro-Cine de Torres Vedras, no próximo dia 15 de maio, sexta-feira, pelas 21h30, para um concerto com sonoridades muito peculiares e psicadélicas. PZ apresenta o seu novo disco “Mensagens da Nave Mãe e Outras “Cenas”” que explora a música eletrónica experimental a partir de instrumentos e máquinas musicais como guitarras, baixos, sintetizadores e samplers. Este concerto destina-se a maiores de 16 anos e o preço do bilhete é de 10 €.

“PZ” é Paulo Zé Pimenta. Começou a fazer música no seu quarto com um computador, um sampler, e um ou dois sintetizadores quando tinha 16 anos. Á medida que foi aprendendo a mexer em máquinas e a tocar vários instrumentos, num modo outo-didata, foi desenvolvendo uma sonoridade própria. Sendo PZ o seu projeto mais intimista existem outros que permitem ao músico viajar por sonoridades e estados de espirito divergentes como Pplectro (alter ego que toma conta dos seu devaneios puramente eletrónicos), Paco Hunter (projeto que desenvolveu com o seu irmão Zé Nando Pimenta), e a Zany Dislexic Band (banda de improviso que conta também com Zé Nando Pimenta, Duarte Araújo e Sergio Freitas).

De pijama e pantufas, diretamente do seu estúdio caseiro para o palco, o PZ é assim. Acompanham-no André Simão (Dear telephone, La La La Resonance, White Haus) na guitarra e nos sintetizadores, e Fernando Sousa (X-Wife, Best Youth) no baixo e também nos sintetizadores, que são peças fundamentais na música de PZ. Eletrónica de Intervenção, Pop Experimental, Hip Hop Alternativo e Psicadélico, já tudo foi dito para tentar descrever esta música com trejeitos eletrónicos que tem na palavra o seu maior aliado.

Depois de “Anticorpos” (2005), “Rude Sofisticado” (2012), e do single “Cara de Chewbacca” (2015) feito em colaboração com dB e lançado em Vinil, surge agora “Mensagens da Nave Mãe” um disco que viaja mais pelo interior do autor. As características únicas continuam, há temas que o apoquentam, bestas que o irritam, e os instrumentais visitam novos lugares onde o ritmo e o groove se tornam a base desta exploração inter-planetária feita em Portugal.”

Ficha técnica:
Músicos : Paulo Zé Pimenta, Fernando Sousa, André Simão
Técnico de Som: Nuno Couto
Técnico de Video: Pedro de Castro
Road Manager: Nuno Lacerda