Pelo menos 22 imigrantes, incluindo mulheres e crianças, morreram e outra dezena está desaparecida no naufrágio de duas embarcações no Mar Egeu, divulgou hoje a guarda costeira grega.
As razões para o naufrágio das duas embarcações, que ocorreram perto da ilha grega de Samos, ainda não foram determinadas.
As autoridades conseguiram resgatar 36 sobreviventes, continuando a operação de busca e salvamento.
A Grécia é um dos principais pontos de entrada na Europa de imigrantes que fogem de países africanos, do Médio Oriente ou do subcontinente indiano.