A ópera Banksters, do compositor e maestro Nuno Côrte-Real, é o espetáculo agendado para o dia 5 de abril, domingo, pelas 16h00, no Teatro-Cine de Torres Vedras e integra a Temporada Darcos 2015.

Estreada em abril de 2011, no Teatro Nacional de São Carlos, a ópera BANKSTERS obteve um sucesso inaudito na recente história da música portuguesa. Com libreto de Vasco Graça Moura e música de Nuno Côrte-Real, o enredo, construído a partir da peça “Jacob e o Anjo”, de José Régio, é transposto para o atualíssimo mundo da alta finança, onde os modernos impérios e imperadores surgem e se esvanecem por entre intrigas, traições e jogos de poder.

O libreto, em estilo vicentino, revela uma mestria ímpar no domínio da língua portuguesa e mostra-nos o grande escritor e poeta – saudosamente desaparecido em abril de 2014 – no auge da sua maturidade literária. Com um elenco de luxo, onde os nomes de Luís Rodrigues, Dora Rodrigues e Mário João Alves, figuram como alguns dos expoentes máximos da lírica lusitana, este espetáculo apresenta os momentos mais importantes da ópera de Côrte-Real, aqui interpretados numa versão de câmara pelo Ensemble Darcos e Coro Ricercare, com direção do compositor.

Uma homenagem musical a um grande homem da cultura e das letras, ele próprio um singular melómano. Obrigado, Vasco Graça Moura, pelo horizonte magnífico que nos deixaste!