O Ô Golf Mar, unidade da cadeia Ô Hotels & Resorts, é pelo 4.º ano consecutivo o hotel oficial da Temporada Darcos, ciclo de concertos de música clássica realizado em Torres Vedras, com direção artística do compositor e maestro Nuno Côrte-Real.

Segundo Carlos Miguel, presidente da Câmara Municipal, “esta parceria é de extrema importância, não só pelo apoio nas estadias, mas também porque permite aos músicos que nos visitam ficarem hospedados num hotel de referência a nível nacional, com uma vista única sobre o atlântico, possibilitando desta forma uma excelente promoção turística do concelho e da região Oeste.

Para Hein Demyttenaere, diretor geral da cadeia Ô Hotels & Resorts, “é importante apoiar as iniciativas socioculturais que têm palco no concelho de Torres Vedras. Enquanto unidade hoteleira é um orgulho promover e divulgar as atividades culturais locais de qualidade, como a Temporada de Arcos, com os quais a cadeia Ô se identifica”

Para 2015, e de acordo com Nuno Côrte-Real “a Temporada Darcos apresenta oito concertos, onde, por entre a tradição e a contemporaneidade, se aposta na excelência da música e dos músicos portugueses. No ciclo de dois concertos Grandes Pianistas, teremos a oportunidade de escutar Artur Pizarro e Adriano Jordão, acompanhados respetivamente, pela Orquestra Metropolitana de Lisboa e pela Orquestra do Norte, com direção musical de Nuno Côrte-Real; no programa serão interpretados dois dos intemporais concertos de Beethoven, o nº 3, e o magistral nº 5, com o epíteto de “Imperador”.

Em Abril, e por altura do primeiro aniversário da morte do grande escritor e intelectual português, Vasco Graça Moura, será apresentada a ópera Banksters, de Nuno Côrte-Real, cujo libreto foi escrito pelo escritor a partir da peça “Jacob e o Anjo”, de José Régio; este espetáculo, homenageando Graça Moura, fará uma síntese dos mais importantes momentos da ópera (estreada no Teatro Nacional de São Carlos no ano de 2011), e será interpretada por um elenco de cantores portugueses de inquestionável excelência, onde se destacam Luís Rodrigues, Dora Rodrigues e Mário João Alves. Em Junho, nos Claustros da Igreja da Graça, por entre o ar e o aroma da noite, será a vez de escutar sons vindos do oriente, com a participação especial do grupo de gamelão indonésio Yogistragong, com direção de Elizabeth Davis.

De salientar ainda, para além dos vários concertos de câmara onde o Ensemble Darcos apresentará algumas das mais belas e famosas obras ocidentais, o projeto Lagarto Pintado, que, em Maio, reunirá centenas de crianças oriundas das escolas do concelho de Torres Vedras, e que juntas formarão um coro infantil para estrear a nova obra de Côrte-Real, Cancioneiro Infantil, ciclo que reúne oito canções do imaginário musical infantil português.”