O futuro Museu de homenagem do antigo ciclista torreense , Joaquim Agostinho , já tem prevista a sua inauguração em 2016 .
A Informação foi prestada pelo presidente da câmara municipal de Torres Vedras .
O autor do projecto é o português Henrique Cayatte , responsável pelo circuito expositivo do futuro museu
Ainda segundo Carlos Miguel a Câmara Municipal já chegou a um entendimento com o designer no sentido de ser o organizador do circuito e dos conteúdos já escolhidos .
O autarca adiantou que é intenção abrir o futuro museu ao público em 2016, pelo que o município tem concluído o projeto de arquitetura para adaptação do refeitório da antiga fábrica Casa Hipólito, que foi adquirido pela Câmara, para espaço dedicado a Joaquim Agostinho.
No interior do edifício, está previsto um espaço para exposições temporárias e permanentes, não só com informação e espólio de Joaquim Agostinho, mas também de outros ciclistas do concelho, como João Roque, Joaquim Gomes ou Marco Chagas.
No exterior, vai ser criada uma zona de lazer dedicada à bicicleta, não só com esplanada e café, mas acima com exposição de bicicletas de várias épocas, pista de obstáculos e zona lúdica.
Joaquim Agostinho, natural do concelho de Torres Vedras, nasceu a 07 de abril de 1943 e morreu a 10 maio de 1984, na sequência de uma fratura craniana resultante de uma queda durante a Volta ao Algarve.

fotografia.https://www.google.pt/search?q=casa+hipolito&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ei=Po9_U_zcJoO40QXnwoGYDw&ved=0CAYQ_AUoAQ&biw=1366&bih=667