O avião da Malaysia Airlines desaparecido há mais de duas semanas despenhou-se no meio do Oceano Índico, segundo uma nova análise de dados de satélite. A notícia foi confirmada pelo próprio primeiro-ministro da Malásia, numa conferência de imprensa de emergência. Entreanto a companhia aérea anunciou que o operação de buscas vai continuar.
Nas últimas horas, um avião australiano e outro chinês tinham encontrado alguns objetos no mar, no Oceano Índico. As causas do acidente continuam por explicar. O voo MH 370 da Malaysia Airlines desapareceu quando fazia a ligação entre as capitais da Malásia e da China. Levava 239 pessoas a bordo.