Este acontecimento tem o nome científico de “espasmo hípnico”.

O “espasmo hípnico” é um espasmo ou contração involuntária dos músculos, que desperta violentamente uma pessoa.
A “Mioclonia” é um termo que se refere a contrações repentinas, curtas, incontroláveis e involuntárias de um músculo ou grupo de músculos. Por isso o fenômeno também pode ser chamado de “puxão mioclônico”.

 

Geralmente, ocorre no momento em que estamos a adormecer ou a começar um sono profundo.

Ainda que não seja uma doença, é um sintoma e pode ser considerado um distúrbio no sistema nervoso. Algumas pessoas descrevem este acontecimento como uma sensação nítida de que se estar a caír, ou a perder o equilíbrio, o que os leva a acordar assustados.

 

De acordo com a Academia Americana de Medicina do Sono, até 70% das pessoas já tiveram esse espasmo um dia.

Estudos indicam que os “puxões mioclônicos” ocorrem mais frequentemente em pessoas que sofrem de ansiedade, insônia, fadiga ou desconforto físico, porque o cérebro é mais facilmente confundido nessas condições. Privação do sono e estresse também podem ser fatores contribuintes.

 

A cafeína também pode ser um dos fator que leva a este acontecimento tão comum , porque é mais difícil para uma pessoa relaxar. Algumas pessoas também relatam que o consumo de álcool torna os puxões mais frequentes.