Uma equipa de cientistas do instituto de medicina molecular está a investigar os benefícios do agrião, no combate ao cancro da mama. O objetivo é perceber se as qualidades já reconhecidas do legume têm ou não capacidade de reduzir a regeneração das células doentes impedindo a sua propagação. 200 mulheres estão a participar neste ensaio clínico, durante a fase em que estão a fazer radioterapia