Nos dias 27 e 28 de fevereiro, a Escola de Serviços e Comércio do Oeste (ESCO) acolherá a realização do II Encontro para o Desenvolvimento Infantil e Juvenil do Oeste, com o tema, “A inclusão de lugares contados ou a inclusão para todos? Reflexão sobre os novos desafios para a inclusão escolar e social de crianças e jovens”.

Este seminário é destinado a Técnicos nas Áreas da Infância e Juventude; Professores e Educadores de Infância; Pais e famílias, bem como a todos os interessados e é uma organização da Unidade para o Desenvolvimento Infantil e Juvenil (UDIJ), em parceria com a Câmara Municipal de Torres Vedras.

“Um dos grandes desafios que a escola dos dias de hoje enfrenta é o de encontrar estratégias que promovam a inclusão de todas e de cada criança/jovem que a frequenta, considerando a diversidade que atualmente engloba. A proposta deste segundo encontro é promover a discussão da reciprocidade do conceito de inclusão. Assim, da mesma forma que o individuo deve desenvolver estratégias que facilitem a sua integração, a própria escola tem como missão adequar-se para potenciar o desenvolvimento de cada criança/jovem enquanto ser individual e social.”

Esta iniciativa conta com especialistas reconhecidos em diferentes áreas, como a saúde, educação e arte e que dirigem a sua intervenção no sentido da inclusão. As suas comunicações irão articular a experiência com a apresentação de estratégias concretas, que são facilitadoras na interação diária com crianças/jovens e visam potenciar as suas competências.”

Com o II Encontro para o Desenvolvimento Infantil e Juvenil pretende-se, mais uma vez, dinamizar um espaço de reflexão e debate sobre algumas das preocupações de quem acredita e investe na inclusão, seja de forma profissional ou pessoal.

“A Educação é a arma mais poderosa que se pode utilizar para mudar o mundo”
Nelson Mandela

O programa é o que a seguir se apresenta:

27 de fevereiro
09h00 – Abertura do Secretariado

09h30 – Sessão de Abertura
Vereadora da Câmara Municipal de Torres Vedras, Ana Umbelino
Diretora da UDIJ, Sílvia Henriques
Diretora da ESCO, Júlia Alfaiate.

10h00 – “A escola para todos, os mais, os menos e os assim-assim” – O que pode fazer a escola para ser mais abrangente na sua intervenção? – Renato Paiva – (Clinica da Educação)

11h15 – Coffee-break

11h30 – A Intervenção Precoce: a importância do envolvimento da família no desenvolvimento da criança – Júlia Serpa Pimentel (ISPA)

12h45- Almoço

14h15 – Gestão de Comportamentos em Contexto Escolar – Métodos e Estratégias – Cristina Nogueira de Fonseca (Associação Quero-te Muito)

15h15 – Sobredotação

16h30 – Fim dos trabalhos

28 de Fevereiro

09h30 – O Desenvolvimento da Criança – “E quando não está tudo bem? “– Tiago Proença dos Santos (Hospital Sta. Maria e UDIJ)

11h00 – Coffee-break

11h15 – Perigos e benefícios da medicação em situações de Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção – Ana Moscoso (Hospital D. Estefânia e UDIJ)

12h45 – Almoço

14h15 – “Todos diferentes, todos importantes” – A inclusão como forma de desenvolvimento humano e social – Susana Pinto (Associação Gulliver)

15h00 – PotenciARTE:
Pedagogias Ativas -Conhecimento e Criatividade: um caminho de autodescoberta e descoberta do mundo. Leonor Malik – (Associação HARPA)
A inclusão de jovens e adultos através da Arte – Sofia Perestrelo (Associação HeArt)

16h30 – Encerramento do Encontro
Inscrições online em www.cm-tvedras.pt/agenda/detalhes/11707