Em entrevista o jornal badaladas o presidente da câmara explica, que houve um redefinição do projeto inicial estando em estudo se o estacionamento subterrâneo previsto para a vale dos ameais passa a estacionamento de superfície devido aos lençóis freáticos existentes na área.
Também toda zona do Páteo Alfazema só avança se houver interessados em adquirir a concessão dos edifícios devolutos.
De resto mantém-se o projeto inicial com intervenções desde o Páteo do Alfazema à Capela dos Amiais, com a construção de uma ponte pedonal entre as duas margens do Sizandro, a acessos para peões do Largo da Graça ao Choupal.
As obras arrancam em abril e seguem-se 14 meses construção onde serão investidos 1. milhão e 700 mil euros com fim previsto para junho de 2015.
Ao longo deste tempo haverá constrangimentos no trânsito nos acessos à cidade pelas rotundas do Choupal.