O FC Porto avançou com uma participação disciplinar contra o Sporting e o seu presidente. Conforme a nota, disponível na página oficial do FC Porto, a SAD portista entregou a documentação esta quinta-feira na Comissão de Instrução de Inquéritos da Liga de clubes, alegando «visível e notória violência moral para constranger a atuação dos árbitros e outros agentes desportivos».
«A administração do FC Porto – Futebol, SAD aguardará o desenrolar do processo, sem quaisquer tipo de comentários, recusando alinhar ou pactuar com a inaceitável coação que tem sido exercida sobre as equipas de arbitragem e órgãos jurisdicionais por parte do Sporting Clube de Portugal », concluiu o comunicado.