A Paços-Galeria Municipal de Torres Vedras inaugura no dia 13 de junho, sábado, uma exposição sobre um processo de impressão fotográfico. Intitula-se “Cianotipias” e é da autoria do torriense Mário Rui Hipólito.

A inauguração desta exposição terá lugar a partir das 18h e poderá ser visitada até ao dia 29 de agosto.

De referir que a cianotipia (cyanotype) é um processo de impressão fotográfico em papel ou em tecido que produz imagens em tons de azul (do grego cyanos, azul escuro).

Ao contrário da fotografia a preto e branco que tem por base a química dos sais de prata, a cianotipia assenta na redução fotoquímica dos sais de citrato de ferro e é uma técnica usada essencialmente para produzir cópias em papel ou em outros suportes e não negativos.

Este processo de impressão fotográfico foi concebido pelo cientista e astrónomo Inglês, Sir John Frederick William Herschel, em 1842. Na base da impressão da cor azul, conhecido como “blue print”, está a formação sobre a folha de papel de um precipitado insolúvel de “azul da Prússia”.

Mário Rui Hipólito vive e trabalha em Torres Vedras. Trabalha a fotografia nos seus diversos processos e apresenta agora na Paços-Galeria Municipal de Torres Vedras as suas mais recentes obras realizadas através do processo da cianotipia.