No dia 24 de outubro a Escola Básica do 1.º Ciclo e Jardim-de-infância do Ameal hasteou a sua primeira Bandeira Verde (o galardão do projeto Eco Escolas).

Na cerimónia estiveram presentes alunos, professores, pessoal não docente, familiares, representantes do Município de Torres Vedras e o presidente da Junta da Freguesia do Ramalhal.

De referir que o Eco-Escolas é um programa internacional, coordenado em Portugal pela Associação Bandeira Azul da Europa, o qual se destina a todos os graus de ensino (do pré escolar ao superior). A sua metodologia, inspirada nos princípios da Agenda 21 Local, visa garantir a participação das crianças e jovens na construção de uma escola e de uma comunidade mais sustentáveis.
A este propósito refira-se que no dia 15 de outubro teve lugar no Pavilhão Municipal de Vila Nova de Gaia o Dia das Bandeiras Verdes, em que foram entregues as bandeiras verdes do projeto Eco Escolas, fruto do trabalho na área da sustentabilidade efetuado durante o ano letivo transato por centenas de entidades nacionais ligadas ao ensino.

Na ocasião este galardão foi também entregue aos seguintes estabelecimentos de ensino do concelho de Torres Vedras: Jardim de Infância da Ponte do Rol, Colégio Quinta do Mar, Escola Básica do 1.º Ciclo e Jardim de Infância de Dois Portos, Jardim Escola João de Deus, Centro Educativo da Ventosa, Escola Básica do 1.º Ciclo de Torres Vedras, Escola EB 2,3 da Freiria, Escola EB 2,3 do Maxial, Escola EB 2,3 Padre Francisco Soares, Escola EB 2,3 de São Gonçalo, Escola Internacional de Torres Vedras, Externato O Mundo da Criança, Escola Profissional Agrícola Fernando Barros Leal, Escola de Serviços e Comércio do Oeste, Escola Secundária Henriques Nogueira, Externato de Penafirme e o Instituto Superior Politécnico do Oeste.

Torres Vedras foi mais uma vez reconhecido como Município-parceiro do projeto.