O presidente norte-americano Barack Obama assegurou, esta tarde, que a comunidade internacional vai continuar unida contra qualquer violação da integridade territorial e da soberania da Ucrânia.
O presidente norte-americano anunciou, esta tarde, sanções contra sete responsáveis russos e quatro ucranianos por causa da anexação da Crimeia.
Barack Obama avisa que podem ainda ser aprovadas medidas suplementares. Esta tarde, a partir da Casa Branca, Obama foi muito claro. A Rússia não pode continuar a interferir na Ucrânia