Foram apreendidas em Torres Vedras 2.500 embalagens de substâncias psicotativas no valor de cerca de 70 mil euros pelo Comando Territorial de Lisboa da GNR nas localidades de Arruda dos Vinhos, Torres Vedras, Santa Cruz e Ericeira.

A operação, de nome “Black Snake” teve inicio em investigações iniciadas desde setembro de 2014 num processo de furto em residência e tráfico de substâncias. Entre terça e quarta feira foram realizados seis mandados de busca que resultaram na apreensão de 3.840 euros em numerário, 175 euros em notas falsas, seis balanças de precisão, dois quilogramas de substâncias psicoativas, 800 gramas de produtos psicoativos em erva seca, três gramas e meio de produto estupefaciente haxixe e 2.500 embalagens com as substâncias psicoativas já devidamente embaladas e rotuladas.

Nesta operação foram constituídos seis arguidos, três homens e três mulheres com idades compreendidas entre os 20 e os 45 anos, apontou a GNR.

Para esta apreensão foram mobilizados 12 militares da estrutura da investigação criminal da GNR em Torres Vedras, quatro militares do Destacamento Territorial de Vila Franca de Xira e dois do Destacamento Territorial de Torres Vedras.