O ciclo Lusofonias – Músicas de Portugal, para o Mundo tem início no Teatro-Cine de Torres Vedras no próximo dia 7 de fevereiro, pelas 21h30, com um concerto do grupo Ciganos d’ Ouro.

De referir que esta é a única banda do seu género e sonoridade em Portugal. Tem como matriz principal o Flamenco e o Cante Jondo, mas apresenta influências que vão desde o Fado ao Jazz. É esta mistura de géneros, sonoridades e linguagens musicais que dão riqueza e tornam único o som deste grupo, acarinhado pela crítica mundial especializada na área da denominada “world music” e um fenómeno de popularidade entre o público.

O grupo Ciganos d’ Ouro está a celebrar 20 anos de carreira e para o efeito recuperou os seus êxitos, deu-lhes novas roupagens, criou três temas inéditos e juntou-os na coletânea “BEST OF -1994-2014”, que chegou às lojas em dezembro.

Para assinalar a efeméride ao vivo, os Ciganos d´Ouro realizam uma tournée por salas de espetáculo de Portugal e do estrangeiro. Durante os 80 minutos dos concertos da mesma, o grupo viaja pelos sete álbuns que compõem a sua discografia, em formato acústico, criado especificamente para espaços que proporcionem um ambiente intimista de interação e proximidade com o público.

O preço dos bilhetes para se assistir ao concerto do grupo Ciganos d’ Ouro no próximo dia 7 de fevereiro no Teatro-Cine de Torres Vedras é de 10 euros.

Ficha artística e técnica:
Voz e guitarra: José Pato
Voz e guitarra: Sérgio Silva
Guitarra solo: Francisco Montoya
Percussão: Sebastian Scheriff
Contrabaixo: Gustavo Roriz
Piano: Victor Zamora

O ciclo Lusofonias – Músicas de Portugal, para o Mundo prosseguirá posteriormente no Teatro-Cine de Torres Vedras com concertos de António Chaínho e Rão Kyao.