No hospital de Torres Vedras existem crianças internadas na sala de observações. Os casos acontecem quando não existem vagas no internamento, mas a situação está a preocupar os médicos, que consideram haver um risco acrescido de infeções neste local.

O Centro Hospitalar do Oeste confirmou esta situação ao diário de notícias mas refere que são pontuais e que há “um risco reduzido de infeção”.

Segundo uma fonte médica, o caso estará a acontecer desde que ocorreu a criação do Centro Hospitalar, altura em que a maior parte das cirurgias, a maternidade e a neonatologia passaram para o Hospital das Caldas da Rainha.

Só ficaram na unidade seis camas, das quais cinco para crianças operadas.