O Centro de Saúde de A-dos-Cunhados, concelho de Torres Vedras, perdeu enfermeiros por falta de condições das instalações, informou hoje a junta de freguesia, que propôs ceder outro edifício e financiar as respetivas obras de adaptação.

A presidente da Junta de Freguesia de A-dos-Cunhados, Cristina Abreu, disse à agência Lusa não aceitar que, “devido à falta de condições das instalações”, os utentes tenham ficado em janeiro sem dois enfermeiros e passado a ter um a meio tempo, havendo utentes a deslocar-se à cidade para fazerem tratamentos.

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) apenas esclareceu, por escrito, que “os cuidados de enfermagem necessários aos utentes continuam a ser garantidos diariamente”.

Há dez anos que a autarquia tem vindo a insistir junto da ARSLVT sobre a necessidade de construir um novo edifício, já que as atuais instalações “não respondem às necessidades da população”, composta por 10 mil habitantes, dos quais 7.600 estão inscritos como utentes no centro de saúde.

Além disso, as atuais instalações são propriedade da junta e arrendadas à tutela.

Como solução provisória, a autarquia já propôs à ARSLVT remodelar as atuais instalações ou mudar o centro de saúde para a antiga sede da junta de freguesia, assegurando o financiamento para as necessárias obras de adaptação.

A ARSLVT admite que a transferência de instalações vai “permitir não só resolver os atuais problemas, como criar condições para a criação de uma unidade de saúde familiar”.

Além disso, “vai criar boas instalações para atrair novos médicos e enfermeiros, para que possam vir a melhorar e a assegurar os cuidados de saúde”.

A autarca aguarda uma resposta da administração regional para, em caso afirmativo, avançar de imediato com as obras, para as quais existe financiamento assegurado pela junta e pela câmara municipal.