Os carrilhões do Palácio-Convento de Mafra estão entre os sete monumentos mais ameaçados da Europa, anunciou em Viena, a organização cultural Europa Nostra.

O secretário de Estado da Cultura já tinha anunciado em março a intenção do Governo em alojar o Museu da Música no Palácio Nacional de Mafra e que os carrilhões do convento iam ser restaurados.

Jorge Barreto Xavier disse que os carrilhões do palácio-convento “estão num estado de degradação elevado” e que os fundos necessários para a salvaguarda dos carrilhões atingem largos milhões de euros.

O Estado já possui dois milhões do Fundo de Salvaguarda do Património para recuperar este património mas a verba ainda é insuficiente.

Para o Governo , o restauro “é uma das prioridades” por se tratar do maior conjunto de carrilhões do mundo.

(Foto: Câmara Municipal de Mafra)