O Sport Lisboa e Benfica carimbou ontem a passagem à final da Taça de Portugal, ao vencer os “azuis e brancos” por três bolas a uma, num jogo impróprio para cardíacos. Sálvio, Enzo Pérez e André Gomes foram os autores dos três golos que colocaram os “encarnados” no Jamor.

O Benfica começou a vencer no encontro da segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal, com um golo de cabeça marcado por Sálvio, aos 17 minutos, contra o FC Porto.

O jogo iniciou-se sob alguma pressão, com cartões amarelos para os dois lados e uma expulsão aos 28 minutos de jogo.

Guilherme Siqueira recebeu dois amarelos, deixando a equipa encarnada com menos um jogador na formação. Aos 36 minutos, Cardozo sai para dar lugar a André Almeida.

O extremo Silvestre Varela (FCP) chega ao empate aos 53 minutos.

Aos 59 minutos, Reyes faz uma falta sobre Salvio que resulta num penálti a favor do Benfica. Enzo Pérez não falha e faz o 2-1 a favor dos ‘encarnados’.

Seguiram-se vários cartões amarelos para jogadores de ambas as equipas, até que, aos 60 minutos, o Benfica subiu na vantagem, com um golo de Enzo Pérez.

Aos 81 minutos de jogo, André Gomes ditou o 3-1, ao marcar um golo, dois minutos antes de receber um cartão amarelo.

O Benfica garantiu, desta forma, o seu lugar na final da Taça de Portugal, marcada para 18 de maio no histórico Estádio do Jamor.