A terceira edição das intervenções artísticas em espaços devolutos realizada pela ESTUFA – Plataforma Cultural estará centralizada num antigo espaço comercial situado no centro histórico da cidade de Torres Vedras, na Rua do Terreirinho.
Nesta edição, para além do espaço principal para acolhimento de intervenções – acima identificado – é também integrado outro espaço devoluto numa rua adjacente: uma ruína localizada na Rua dos Celeiros de Santa Maria. A par das intervenções artísticas decorrem ainda sessões de tertúlia e debate em torno do tema da reabilitação/ revitalização urbana do centro histórico com a presença de arquitetos que têm trabalhado sobretudo nesta área e também de outros convidados que farão a apresentação de casos bem-sucedidos. A intenção é criar uma nova narrativa para os espaços devolutos assinalados, num contexto expositivo e performativo, habitando-os temporariamente e explorando diversos critérios de ocupação e de preenchimento (ou não) do caos e do vazio encontrados.
O evento inaugura no dia 25 de outubro, sábado, às 18h e encerra no sábado seguinte às 24h. Expostos em permanência estarão os trabalhos de Eduardo Catarino (fotografia), Rogério Abreu (escultura), Tânia Clímaco (pintura), Catarina Alfama (instalação), João Paulo Barrinha (instalação vídeo), Marga Diks (instalação), Filipe Branco e Lucília Póvoa (instalação), Catarina Ribeiro (instalação) e Nuno Queiroz e Raquel Martins (instalação). Também em permanência será exposta uma seleção de desenhos e pinturas das crianças do ”Atelier de Desenho e Pintura” da ESTUFA, a entidade promotora. No contexto da arquitetura e do tema da reabilitação urbana será exibido um conjunto de imagens de prémios de recuperação atribuídos a dois dos convidados para o espaço de tertúlia constante da programação.
Para além dos trabalhos expostos em permanência, a iniciativa terá uma componente de programação. No sábado dia 25 de outubro haverá pintura ao vivo por David Cara-Nova e Diana Crispim (18h), a primeira de duas sessões da mostra de filmes premiados do festival InShadow (19h), e música ao vivo com a banda torriense Plane Ticket (22h30). Na sexta-feira dia 31 de outubro a PÉROLA é visitada pelo coletivo Yuuts Ruoy, de Caldas da Rainha (22h30) que apresentará o seu último trabalho performativo. No sábado dia 1 de novembro decorrem as tertúlias entre as 11h30 e as 18h30, estando agendada para as 19h a segunda sessão de filmes do InShadow. Ainda na noite de 1 de novembro poderemos assistir ao concerto dos Rising Flag (22h). Durante a semana (27 a 30 de outubro) a PÉROLA terá visitas guiadas dirigidas a escolas, mediante marcação prévia (servico.educativo@estufa.pt).