Durante este verão realizaram-se análises nas praias Azul, de Santa Cruz – Centro, do Navio e de Santa Rita – Norte para aferir a qualidade microbiológica das respetivas areias.
Essas análises realizaram-se no âmbito de um projeto de monitorização da qualidade das areias de zonas balneares que está a ser levado a cabo pela Câmara Municipal de Torres Vedras desde 2006, tendo sido efetuadas pelo laboratório da Agência Portuguesa do Ambiente.
As recolhas das amostras de areias para posterior análise laboratorial tiveram lugar nos dias 24 de junho, 22 de julho e 12 de agosto.
Verificou-se que as areias daquelas praias apresentavam “valores abaixo dos Valores Limite Propostos”, de acordo com os relatórios respetivos.
As conclusões gerais do referido projeto destacam como fatores que influenciam positivamente a qualidade das areias das zonas balneares do concelho de Torres Vedras durante o verão: a recolha frequente do lixo abandonado na areia; a colocação de recipientes de lixo adequados à dimensão das praias e espaços adjacentes; a remoção mecânica diária de lixos, revolvendo o areal, arejando-o e renovando a exposição da areia aos raios UV; a identificação e tratamento de fontes de contaminação adjacentes às praias; e a monitorização regular.
Os referidos relatórios podem ser consultados no site da Câmara Municipal de Torres Vedras (em: www.cm-tvedras.pt/ambiente/recursos-naturais/mar-e-zona-costeira).