As declarações foram proferidas por António Boronha, antigo dirigente da Federação Portuguesa de Futebol, após a derrota da seleção nacional frente à Albânia, por 1-0.

«Não tem condições para continuar. Neste momento, Paulo Bento não goza de qualquer estado de graça e terá de surgir outra solução», afirmou, em depoimento prestado à Antena 1, António Boronha.

Segundo este ex-dirigente federativo, Fernando Santos, ex-seleccionador da Grécia, é um bom nome para suceder a Paulo Bento, embora, frisou, «existam mais nomes.