ALAPA-e-cafés

Terminou este sábado, em Santa Cruz, a iniciativa do bar Dali que recolheu mantimentos para a Associação Lar-Abrigo Porta Aberta  (ALAPA).

A iniciativa decorria desde o início do mês e oferecia um café a quem entregasse três unidades ou três quilos de mantimentos.

A ideia tinha como alvo os jovens que se dirigem ao estabelecimento comercial durante a noite, mas acabou por ganhar dimensões maiores e os resultados acabaram por superar as expetativas.

Foram recolhidos cerca de 400 quilos de arroz, massa, fraldas e outros bens essenciais que vieram de vários pontos do país e que agora vão ser encaminhados pela ALAPA para as cerca de 300 famílias carenciadas do concelho de Torres Vedras.

Vila Franca de Xira e Santarém são exemplos de localidades das quais vieram alguns dos mantimentos, que vão ser distribuídos em forma de cabaz de Natal a partir de 18 de dezembro.

Mário Campos, gerente do bar Dali, avançou à RadiOeste que o sucesso da iniciativa levou a que outros estabelecimentos da região se juntassem ao projeto, fazendo com que se prolongue até ao dia 11 de dezembro.

A ALAPA encontra-se também a desenvolver a construção de uma casa para vítimas de violência doméstica, projeto que conta com metade do investimento feito pela Segurança Social.

(Foto: Câmara Municipal de Torres Vedras)